22 de jan de 2011

Eu tento fingir, a todo momento. Tento fingir que esta tudo bem, tento fingir que para mim, tanto faz. Tento fingir que você não me faz falta, que você não me importa. Tento fingir que estou conseguindo continuar sem você. Tento fingir que para mim tanto faz, se você continua ou não sentindo as mesmas coisas, se você continua freqüentando os lugares que costumávamos ir juntos, se você continua tendo os mesmos hábitos. Tento fingir como você, mas, não consigo. Não consigo não olhar para você, não consigo dominar o que sinto, a cada vez que te vejo. Não consigo ficar sem você, não consigo aceitar o fato de ver você feliz, com ela. Não consigo aceitar ao ver que você esta conseguindo continuar. Não consigo evitar perder minha melhor parte aos poucos, ao notar sua indiferença. Você me faz falta o tempo todo, queria que você sentisse a mesma vontade de me abraçar, que eu sinto. Queria que você sentisse minha falta, queria que você se importasse comigo. Queria que tudo voltasse a ser como antes. Mas, queria poder não notar sua indiferença. Queria poder não estar morrendo, aos poucos.