24 de out de 2010

ninguém,



"Ninguém sabe o que se passa na minha desastrosa mente, ninguém ao menos imagina o que me causa dor, nem o que me faz perder o sono"