19 de abr de 2011


Já cheguei em um ponto em que eu não amava ninguém,
Em que eu fingia não ter sentimentos
Em um ponto em que eu vi que a decepção me dominava
E que a angústia nunca acabava.
Mais derrepente apareceu alguém
E esse alguém disse que sempre esteve ao meu lado
E que momentos como esses sempre existirá
Mais que ele nunca ira me deixar se abalar
Ou cair..
Seu nome era Jesus Cristo.
(Yasmim Battista)